quinta-feira, 19 de setembro de 2013

10 mitos e verdades sobre a APLV

Encontrei no site Sem Lactose um artigo muito interessante que fala dos 10 mitos e verdades sobre a Intolerância à Lactose, inspirada nele e pensando no quanto as pessoas tem dúvidas sobre a alergia à proteína do leite (e confundem com a intolerância à lactose), resolvi escrever este post. 

10 MITOS E VERDADES SOBRE A APLV


1. Alergia à proteína do leite e intolerância à lactose são a mesma coisa.
MITO. A APLV é uma reação do sistema imunológico às proteínas presentes no leite de vaca, enquanto que a intolerância à lactose é uma deficiência na produção da lactase, que é a enzima que faz a digestão da lactose (açúcar do leite). Gente, não existe "alergia à lactose"!

2. O leite de cabra ou ovelha pode substituir o leite de vaca para quem tem APLV. 
MITO. O leite de cabra ou de outros mamíferos (ovelha, búfala) também podem causar reações alérgicas e não são indicados para alérgicos.

3. Leite de coco não contém proteína do leite.
VERDADE. Os chamados leites vegetais, como o leite de coco, de soja, arroz e outros não possuem a proteína do leite de vaca e podem ser consumidos por quem tem APLV.

4. O leite é o principal alimento causador de alergias.
VERDADE. A alergia à proteína do leite é o tipo mais comum de alergia alimentar. Os oito alimentos mais alergênicos são: leite de vaca, soja, ovo, trigo, peixe, frutos do mar, amendoim e castanhas.

5. Produtos com baixo teor de lactose ou sem lactose podem ser consumidos por quem tem APLV.
MITO. Os produtos com baixo teor de lactose ou sem lactose são adequados para quem tem intolerância à lactose e não para alérgicos, pois possuem as proteínas do leite. 

6. Existem diversas substâncias que podem indicar a presença de proteínas do leite nos alimentos. 
VERDADE. Aroma de queijo, caseína, caseinato, lactoalbumina, lactoglobulina, lactose, lactulose, proteínas do soro, soro de leite, sabor artificial de manteiga, caramelo, manteiga, etc. são algumas das substâncias que podem indicar a presença de proteínas do leite. Mas, ao contrário do que sugere o nome, o ácido lático, ingrediente muito comum em alimentos industrializados, é 100% de origem vegetal. 

7. Máquinas e utensílios usados para produção de alimentos com leite podem conter traços de leite. 
VERDADE. Os traços de leite são uma “contaminação” do produto que passou por uma máquina onde foram fabricados produtos com leite ou derivados. Assim, eles acabam adquirindo quantidades mínimas desses ingredientes durante a fabricação que podem causar reação alérgica. 

8. Quem não pode consumir leite precisa de suplementação de cálcio. 
MITO. É comum acreditar que o cálcio esteja presente apenas no leite e derivados, mas isso não é verdade. Há diversos alimentos de origem vegetal que são ótimas fontes de cálcio como o brócolis, o espinafre, o gergelim, o amaranto e até mesmo o suco de laranja. Produtos como leite e iogurte de soja possuem adição de cálcio e também são opções para quem não pode consumir leite de vaca.

9. A alergia à proteína do leite é mais comum em crianças.
VERDADE. A alergia à proteína do leite é muito mais comum em crianças, especialmente em bebês. Adultos raramente têm alergia à proteína do leite de vaca. 

10. A alergia à proteína do leite tem cura.
VERDADE. Metade das crianças com alergia à proteína do leite de vaca melhora por volta de 1 ano de idade. A maioria (90%) está curada ao completar 3 anos. São poucas as pessoas que continuam alérgicas por toda a vida.

Fonte das informações:
www.alergiaaoleitedevaca.com.br
www.semlactose.com


3 comentários:

  1. Legal Lu, eu sempre dou uma olhadinha lá no site mas não tinha lido isso ainda...
    E eu não sabia que aroma de queijo, caseína e caseinato eram indicativos de proteína do leite nos produtos!
    Valeu a informação!!!
    Um beijão,
    Dani www.maedaloly.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. AMEI! posso por no meu blog tb? obviament q faço a devida indicação de fonte hehehehe AH me inspirei em vc e fiz algumas receitas com foto tb, dá uma olhada hehehehe sou amadora mas acho q dá pro gasto ne! Obrigada por postar tantas coisas legais! um abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá Luciana, assim como vc sou chamada de Lu e tenho uma pequena (Elena, 2 anos) com APLV, e a procura de leites vegetais encontrei seu blog, gostei muito, parabéns!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!