terça-feira, 13 de março de 2018

Ovos de páscoa sem leite (2018)

Mais uma Páscoa está se aproximando e eu sei bem como é essa época para mães e pais de crianças alérgicas. Os supermercados ficam cheios de opções de ovos de chocolate, mas quase todos são proibidos para quem tem APLV. 
Por isso, mesmo a Malu não sendo mais alérgica, gostaria de dar uma ajudinha com uma lista de sugestões fornecedores de chocolate atualizada.

Fico feliz em ver que a cada ano as opções aumentam!

Amma Chocolates Orgânicos
Only4 e Zero Milk - Genevy Indústria de Chocolates sem leite
* A maioria destes produtos podem ser encontrada também em lojas de produtos naturais. 

Este ano surgiu uma nova opção: Ovo de Páscoa da Cacau Brasil. 


Segundo informações do rótulo não possui leite nem traços de leite na composição.

Fonte da imagem: Site da Cacau Brasil
Sugiro contactar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800-7700201.


Opções para encomendas. Clique no link para ver os contatos.

Isso Eu Posso (Loja Virtual - Canoas/RS)
Letícia Almeida (São Luís/MA) - Instagram: leticia_cozinhasemleite
Parise Gourmet (São Paulo/SP)
Tudo sem leite (Recife/PE)


ATENÇÃO: Com relação ao ovo de páscoa Zero Lactose da Cacau Show, que já foi opção para os alérgicos à proteína do leite, passou a conter LEITE SEM LACTOSE na composição em 2017. Lembrando que leite sem lactose não pode ser consumido por alérgicos à proteóna do leite


Fonte da i magem: Página Põe no Rótulo no Facebook.


* Este post não é patrocinado. 
** Verifique atentamente os rótulos dos produtos industrializados e em caso de dúvidas, entre em contato com os SAC´s.
*** Para os produtos feitos sob encomenda, certifique-se de que são preparados de forma segura. 

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Nova consulta com o Alergista

Oie, gente! A vida anda corrida demais e eu acabo não tendo tempo de atualizar o blog, mas o meu carinho por este cantinho continua, viu?

Hoje vim falar sobre a consulta da Malu com o alergista que aconteceu em Setembro/2017.

Antes deixa eu contar o motivo desta consulta...

Desde outubro de 2014, quando a Malu fez o teste de provocação oral e foi considerada curada da alergia à proteína do leite, não tivemos mais consultas com o alergista.

O tema alergia foi, aos poucos, deixando de fazer parte do nosso dia-a-dia.  Mas, entre maio e julho de 2017, a preocupação com o tema voltou. 

O quadro começava sempre do mesmo jeito: muitos espirros (até durante a noite), nariz congestionado e/ou escorrendo... Em alguns dias, a secreção ficava mais espessa e nem o uso constante de soro fazia diminuir. Por duas vezes, a secreção foi para o ouvido e desencadeou otite.  Foram 4 tipos de antibióticos em 4 meses!

Nesta altura, eu comecei a pensar numa possível volta da APLV! Os sintomas que a Malu tinha apresentado eram outros, mas sei lá... vai que tivesse mudado. Só de pensar em voltar a restringir o leite eu tinha vontade de chorar. Mas ela já tinha passado por pediatra, otorrino, homeopata e nada fazia melhorar! Tínhamos que tirar isso à limpo.

Voltamos ao Dr. Adriano em agosto, mas como ela estava fazendo uso constante de antialérgico, não pudemos fazer o Prick-Test (teste de leitura imediata). Ela precisava ficar uns 5 dias sem medicação. Iniciamos, então, um tratamento com antialérgico, spray nasal e corticoide.

Nesta mesma época, procurei novamente a minha amiga Deivi, naturoterapeuta e começamos também um tratamento para rinite alérgica e reforço da imunidade.

No final de setembro, ela estava bem melhor, sem o uso de antialérgico por alguns dias e voltamos ao consultório.

Fizemos o teste de leitura imediata...


(Pausa para um comentário: como ela cresceu desde o último teste!)

E olha quem apareceu de novo: ÁCARO!


Confesso que respirei aliviada! Antes ácaro do que leite!

Diante da confirmação que o causador da rinite era realmente o ácaro, a indicação do Dr. Adriano foi iniciarmos um tratamento de imunoterapia (vacinas). Se você quiser saber mais sobre a Imunoterapia veja no  site da Asacpharma IPI Brasil.

Nós optamos pela vacina sublingual, pela praticidade de aplicar em casa, pois a subcutânea somente pode ser feita na clínica. Iniciamos o tratamento em dezembro, mas acabamos suspendendo nas férias e vamos retomar assim que ela voltar para a escola. 

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A festinha de 6 anos da Malu com os colegas da escola

Oi, gente! Quem é vivo sempre aparece, não é?

Eu não esqueci o blog, não.. Apenas ando muito sem tempo... 

Mas prometo tentar colocar as coisas em dia por aqui! 

Começo pelo post que fiquei devendo da festinha de 6 anos da Malu com os coleguinhas da escola. 

O tema escolhido foi Chapeuzinho Vermelho! Confesso que sou apaixonada por este tema e dei um certo "empurrãozinho" na escolha. A Malu sempre gostou da história e encenou teatrinho na escola, mas foi quando eu comprei a fantasia da Loja Faz de Conta Kids no Elo7, quase 6 meses antes do aniversário, que ela se apaixonou de vez! 

* De antemão peço desculpas pela qualidade das fotos deste post, mas é que foi bem corrido arrumar tudo antes das crianças chegarem, estava batendo sol na mesa e algumas fotos não ficaram boas por conta disso e também eu não quis postar aqui as fotos em que aparecem os coleguinhas da Malu, pois não pedi autorização para os pais. 

Foi uma festinha simples, na garagem de casa, mas feita com muito carinho. As crianças vieram da escola de Van, acompanhadas pelas professoras, com autorização por escrito dos pais.

Para a decoração, usei uma tolha de mesa xadrez (comprei o tecido e fiz bainha à maquina), feltros da Bonecando Ateliê e vasos com flores (aproveitei da festa anterior). 


Na parede coloquei bandeirolas com as letras do nome feitas pela Bubu Art´s (tinha flores de balão dos 2 lados, mas o vento arrancou uma, coisas que acontecem em festas em ambientes abertos.)


As comidinhas servidas foram frutas picadinhas no copinho, salgados assados, pipoca, docinhos (brigadeiro e beijinho) e bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro). Para beber, suco integral de laranja e uva.

As lembrancinhas foram capinhas da Chapeuzinho Vermelho de TNT para as meninas e máscaras de Lobo Mal de EVA para os meninos, que eu mesma fiz, além de um io-iô personalizado feito pela Diferencial Papéis e Rótulos, tudo dentro de uma sacolinha de tecido da Bubu Art´s. Infelizmente, esqueci de tirar fotos dos io-iôs e sacolinhas. 





A animação ficou por conta da Aline da Titita Recreações. Teve muita brincadeira, escultura de balão, etc.


Eu não posso deixar de agradecer às Professoras Amanda e Mari e também ao papai Maurício que ajudaram a servir e cuidar dos coleguinhas da Malu. 

quinta-feira, 1 de junho de 2017

A festa de 6 anos da Malu


Quando te falarem que os filhos crescem rápido, não duvide! Trate de aproveitar cada minuto porque eles crescem na velocidade da luz! Piscou, cresceu! 

Eu pisquei e ela fez 6 anos!!!

Foram 6 anos de descobertas e alegria, alguns desafios superados (entre eles a alergia) e muito, mas muito amor! Tanto amor que eu nem imaginava que podia existir! 

E para celebrar estes 6 anos eu queria poder fazer a maior festa do mundo! Mas como não tenho orçamento para isso, me dediquei ao máximo para fazer uma festa linda do jeito que a minha princesa merece, mas em casa, apenas para a família e amigos mais chegados e gastando pouco.

Foram meses de planejamento, muita pesquisa na internet e trabalho! Toda a decoração foi idealizada e executada por mim, com a ajuda do papai. O tema escolhido foi Ariel. 

Eu fiquei muito feliz com o resultado!



A toalha tinha 4 camadas de TNT nas cores lilás e azul (em 3 tons). Primeiro cortei, depois costurei para ficar bem firme e, por último, fiz o acabamento com uma fita de TNT e cola quente.


O bolo fake foi feito em escamas de EVA com detalhes em pérolas.



As lembrancinhas foram sacolinhas de tecido e sabonetes personalizados.



Os centros de mesa foram feitos reaproveitando garrafinhas de suco e os porta-guardanapos em forma de concha são de acrílico. 

Eu optei por não alugar nada para a decoração, comecei a comprar os itens um ano antes e não posso deixar de recomendar os meus fornecedores. Todos foram extremamente atenciosos e as mercadorias são de ótima qualidade.

O topo de bolo é do Ateliê Ellen Galvão (Elo7).
Os personalizados, elipse com o nome e sacolinhas de tecido são da minha amiga, e fornecedora de confiança desde o primeiro ano da Malu, Bruna Gomes da BubuArt´s.
Os bonecos em feltro são do Ateliê Sophie Candy (Elo7)
Os sabonetes personalizados são da Fantasy Sabonetes Artesanais (Elo7).
O porta bolo e caixas de MDF são da Rosemarie Artesanatos (Elo7).
Os vasos e bandejas de porcelana são da Lembrança Chique
Os suportes de balão são da Maison Art (Elo 7)


O vestido da Ariel é da loja Ricardo Fantasias


Na hora do parabéns a Malu usou uma fantasia feita por mim composta de top de paitê e saia de tule.



A Malu estava esperando muito a presença da Princesa Ariel, já que no ano passado tivemos a Aurora. E a querida Aline da Titita Recreações  realizou esse sonho! E ainda fez brincadeiras e pintura facial com as crianças antes de incorporar o personagem Ariel. 

O registro fotográfico da festa foi feito pela Thamiris Scharf Fotografia

Além da recreacionista e da fotógrafa, contamos com o apoio de um garçom e uma copeira. Recomendo para quem for fazer festa em casa que faça o mesmo! Eu não precisei me preocupar em servir os convidados. A copeira esquentou os salgadinhos no forno elétrico, estourou pipoca, montou os cachorros-quentes e auxiliou o garçom na montagem dos pratos. No final ainda deixou a minha cozinha limpa e organizada. 

Para esta festa eu encomendei os docinhos, salgadinhos e bolo da Recanto dos Pães, já que a Malu não tem mais nenhuma restrição alimentar, mas neste post aqui você encontra as receitas da festa de 3 anos onde tudo foi feito sem leite.  

No próximo post, eu conto sobre a festinha com a turma da escola. 



segunda-feira, 10 de abril de 2017

Ovos de páscoa sem leite (2017)

Mais uma páscoa chegando... e eu vim atualizar a lista de opções para alérgicos à proteína do leite!

Para encomendas (consulte possibilidade de envio para outras localidades):

* Com relação ao ovo de páscoa Zero Lactose da Cacau Show, que foi opção para os alérgicos à proteína do leite, pois não continha leite na composição, este ano passou a conter leite sem lactose na composição. Lembrando que leite sem lactose não pode ser consumido por alérgicos a leite. Portanto, nenhum produto com leite sem lactose adicionado é apropriado para quem tem alergia a proteína do leite.


* Este post não é patrocinado.
** Verifique atentamente os rótulos e em caso de dúvidas,entre em contato com o SAC.

quarta-feira, 29 de março de 2017

1º Minicurso de culinária inclusiva do Menu Bacana

Atenção! Não percam a oportunidade de participar do Minicurso que a Carla Maia do Blog Menu Bacana está preparando.
São delícias sem leite, sem glutén, sem ovos e sem soja. 100% on line e gratuito.
Acesse o link e garanta a sua vaga: http://minicurso.menubacana.com/

Eu já fiz a minha inscrição!

Inclusão da criança alérgica na escola

Quem tem um filho com alguma restrição alimentar sabe bem o desafio que é a inclusão social. 
E um dos locais onde mais acontecem problemas de exclusão de crianças alérgicas é justamente aquele que deveria propiciar um ambiente acolhedor: a escola! 

A Lei Federal 12.982 de 28 de maio de 2014 estabelece que "para os alunos que necessitem de atenção nutricional individualizada em virtude de estado ou de condição de saúde específica, será elaborado cardápio especial com base em recomendações médicas e nutricionais, avaliação nutricional e demandas nutricionais diferenciadas, conforme regulamento". 

Mas na prática, muitas famílias enfrentam dificuldades em encontrar uma escola que aceite a criança alérgica e outras até aceitam a criança, mas a excluem nas atividades ou datas comemorativas. 

Por isso, mesmo com a Malu não sendo mais alérgica, fiquei encantada com a escola que aparece nesta matéria do Programa Bem Estar exibida em 16/03/2071. Ela monstra que o caminho da inclusão escolar da criança com restrição alimentar é a parceria entre a escola e a família, a busca de informações e a adaptação. Por um mundo com mais escolas como esta!