quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Receita: Bolo de chocolate sem leite e sem glúten

Como vocês devem saber, o glúten nunca foi restrição por aqui, mas depois de ler algumas matérias a respeito dos males dessa proteína na alimentação (um dos artigos que eu li foi esse aqui) e também visto tantas receitas apetitosas que não utilizam trigo, resolvi me aventurar nesse mundo gluten-free e comecei muito bem!

* Isso não quer dizer que vou cortar o glúten definitivamente das minhas receitas, mas pretendo me familiarizar aos pouquinhos com esse tipo de culinária.

Eu me inspirei numa receita do blog Sem Glúten Sem lactose, fiz algumas pequenas adaptações e consegui um dos bolos de chocolate mais saborosos que eu já comi!

Ingredientes:
3 ovos
1 1/4 xícara de açúcar (usei demerara)
1/2 xícara de óleo (usei de girassol)
1 xícara de leite de coco
1 xícara de água morna
1 xícara de farinha de arroz
1 xícara de fécula de batata
1 xícara de chocolate em pó
1 colher de fermento. 


Modo de preparo:

Bata no liquidificador os ovos, o açúcar, o óleo, o leite de coco e a água. Junte o chocolate em pó. Continue batendo e vá acrescentando a farinha de arroz e a fécula de batata aos poucos. Bata por mais uns 5 minutos. Por último acrescente o fermento e apenas pulse o liquidificador algumas vezes. 

Leve para assar em forno pré-aquecido à 180 graus por cerca de 30 minutos. Para fazer a calda, eu derreti 1 xícara de chocolate meio amargo e juntei 1/2 caixinha de creme de arroz, mas pode fazer uma calda simples com 3 colheres de chocolate em pó, 4 colheres de açúcar, 1 colher de margarina sem leite e 6 colheres de água. Misture todos os ingredientes e leve ao fogo até engrossar.



* Use sempre produtos da sua confiança e que você tenha informações sobre os alergênicos. Em caso de dúvidas, consulte o SAC.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Receita: mousse de chocolate (com abacate)

Esta receita de falso mousse de chocolate tem como base o abacate. Além de ser fácil de fazer, é uma ótima opção de sobremesa para os pequenos. Muito mais nutritiva que a versão original, não leva ovos, nem derivados de leite de vaca e é feita com cacau em pó.

Sobre o abacate

Das frutas, em valores nutritivos, o abacate perde apenas para a banana.
Possui boas quantidades de vitamina C, vitamina E, piridoxina (vitamina B6), ácido fólico (B9), magnésio e potássio, mas sua principal característica está nas suas elevadas taxas de gorduras (boas).
Isso faz com que seja excelente substituto das gorduras convencionais, nas mais variadas receitas doces ou salgadas.
O abacate também auxilia em casos de prisão de ventre, constipação, flatulência, problemas de pele e cabelos.
Reduz o colesterol LDL, aumenta o colesterol HDL, benéfico para a saúde do coração, e também reduz os niveis de glicemia sanguínea e favorece os tratamentos contra o câncer.

Vamos à receita?

Ingredientes:
1 abacate maduro
2 colheres (de sopa) de cacau em pó
Açúcar demerara ou mel à gosto 

Modo de preparo:
Abra o abacate, remova o caroço e use uma colher para retirar a polpa. Coloque a polpa no liquidificador ou processador e bata bem até formar um creme homogêneo. 
No liquidificador é um pouco mais difícil de bater, mas vá mexendo com uma colher e batendo aos poucos que dá certo. Se desejar, coloque umas 3 colheres de leite vegetal (eu não coloquei).
Adicione o cacau e depois açúcar aos poucos e prove para testar se está doce o suficiente. Evite adoçar demais.  
Coloque em taças e leve à geladeira durante umas 2 horas.

* Use sempre produtos da sua confiança e que você tenha informações sobre os alergênicos. Em caso de dúvidas, consulte o SAC. 

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Põe no Rótulo logo!!!

Esses dias um conhecido me perguntou porque eu continuo postando sobre alergia alimentar no meu perfil do face e no meu blog, já que a minha filha está curada da APLV.

Eu respondi que continuo falando em alergia, pois senti na pele as dificuldades que ela traz e quero dar a minha contribuição, ainda que pequena, para as famílias que ainda enfrentam esse desafio, seja com as minhas receitas, a minha experiência ou a minha voz!

Para quem não sabe, um dos maiores desafios para as famílias que convivem com a alergia alimentar é saber quais alimentos são seguros para consumo do alérgico. Ainda hoje, no Brasil, não temos uma lei que obrigue as empresas a identificarem a presença de alimentos alérgenos ou possíveis contaminações por esses alimentos nos produtos por elas fabricados.

Com o objetivo de garantir o destaque dos principais alérgenos nos rótulos dos produtos, um grupo de famílias se reuniu e criou a campanha #poenorotulo.

A campanha já completou um ano, conseguiu espaço na mídia e fez com que a Anvisa abrisse uma Consulta Pública sobre a rotulagem de alérgenos.

Agora, a Anvisa está definindo os temas que irá tratar em 2015 e em 2016 e quer saber se a rotulagem de alérgenos deve ser discutida em 6 meses, 1 ano, 1 ano e meio ou 2 anos.

Quem convive com a alergia alimentar sabe que o tema é urgente e precisa ser concluída no prazo de 6 meses.

Eu já manifestei a minha opinião e peço a ajuda daqueles que acompanham o meu blog:

Acesse o link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=19227, preencha os seus dados, selecione o tema 12 –  Rotulagem e informações ao consumidor e responda as 3 perguntas. É fácil e rápido!

Lembre-se que a informação correta sobre o que consumimos é um direito de todos, alérgicos e não alérgicos.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Receita: arroz de verão

Ai, gente... mil desculpas! Eu não abandonei o blog, não... Mas depois que voltei ao trabalho, coloquei em prática um dos meus planos para 2015: me matriculei numa academia! Estou malhando todos os dias e ainda cuidando da casa, trabalhando, cozinhando, etc., etc. Imaginem então a minha correria!

Também estou fazendo uma dietinha e, para não cair em tentação, quase não estou fazendo doces, bolos e pratos diferentes. Mas tenho algumas receitinhas atrasadas para postar e vou tentar colocar em dia em breve.

Esse arroz eu fiz nas férias. É um prato ótimo para esse período, por ser rápido, fácil de fazer e completo!

Ingredientes:

400g de carne magra (usei patinho)
2 colheres (sopa) de óleo
1 cebola picada
1 tomate picado
2 xícaras (chá) de arroz
1 cenoura cortada em cubos
1/2 brócolis picado (usei o brócolis chinês)
1/2 lata de milho em conserva (opcional)
Temperos à gosto (sal, pimenta, louro, salsinha picada)

Modo de preparo:
Na panela de pressão, aqueça o óleo, refogue a cebola, a carne e o tomate. Acrescente água até cobrir a carne e tampe a panela. Deixe cozinhar na pressão por cerca de 20 minutos.
Desligue o fogo, deixe a pressão sair e abra.
Retire a carne e desfie. Reserve o caldo do cozimento da carne.
Volte a carne para a panela, junte o arroz, a cenoura, o brócolis, o milho e os temperos (eu deixo a salsinha para o final). Refogue um pouco, junte o caldo do cozimento da carne (conte quantas xícaras rendeu) e acrescente mais água até completar umas 5 xícaras de caldo + água.
Não feche a panela. Depois que ferver, deixe o arroz cozinhar em fogo baixo. Quando estiver quase pronto, acrescente a salsinha picada.
Coloque em uma travessa e sirva em seguida.
Apesar da Malu não estar querendo comer legumes muito bem, ela comeu super me esse prato. Até repetiu!

* Use sempre produtos da sua confiança e que você tenha informações sobre os alergênicos. Em caso de dúvidas, consulte o SAC. 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Receita: Bolo de goiaba


A Malu tem umas fases de paixão por uma determinada fruta... Já teve a fase do morango, depois da maça e agora é a vez da goiaba! Toda vez que perguntamos que fruta ela quer comer, a resposta é: goiaba!

E aconteceu que eu comprei, o papai comprou e acabaram se acumulando várias goiabas na geladeira que ela não deu conta de comer, mesmo sendo a fruta preferida da vez, e resolvi fazer um bolo.

Dei uma pesquisada na internet e inventei essa receita.

Ingredientes:
4 a 5 goiabas vermelhas médias
3 ovos
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de óleo
½ xícara de leite
leite vegetal ou água
2 xícara de farinha de trigo
1 colher generosa de fermento em pó.

Para a calda:
1 xícara de água
1 xícara de açúcar.

Modo de preparo:

Lavar bem e cortar as goiabas no meio. Retirar a polpa e as sementes com uma colher e separar para fazer a calda.
Picar as cascas e bater no liquidificador com os ovos, o óleo e o leite ou água, acrescentar o açúcar aos poucos e continuar batendo. Vai ficar um creme bem espesso. Misturar com a farinha de trigo e o fermento e levar para assar em forno médio, por uns 40 minutos.
Para fazer a calda, leve ao fogo a polpa das goiabas com a água e deixe ferver até ficar macia. Bata no liquidificador ainda quente e peneire para retirar as sementes. Volte ao fogo, junte o açúcar e deixe em fogo baixo, mexendo sempre até engrossar como um doce de goiaba. Desinforme o bolo frio e coloque a calda.


A massa fica um pouco pesada, com uma textura de pudim, mas o sabor é incrível!!! Vale a pena experimentar. 

 
* Use sempre produtos da sua confiança e que você tenha informações sobre os alergênicos. Em caso de dúvidas, consulte o SAC.