segunda-feira, 27 de março de 2017

Porque NÃO terei outro filho!

Há alguns dias me deparei com um texto, como muitos que já vi na internet, cuja mãe se diz louca para ter outro filho. Não tenho nada contra quem tem dois, três ou mais filhos (ok, no fundo acho que são loucas!), mas parece que mães de filhos únicos são consideradas criaturas egoístas e crianças sem irmãos são solitárias e fadadas à infelicidade.
Por isso resolvi escrever a minha versão. Porque NÃO terei outro filho!
Eu tive uma gestação maravilhosa! Planejada, curtida em cada detalhe...
Tive um parto tranquilo, uma ótima recuperação...
A minha filha nasceu cheia de saúde, não tive nenhum problema para amamentar...
Não tenho ideia do que seja depressão pós-parto...
A minha filha foi um bebê super calmo e o primeiro ano não deixou nenhum trauma que me impeça de pensar em mais filhos.
Mas...
Eu sei bem quanto custa ter um filho, pagar uma boa escola, manter um plano de saúde, vestir, calçar e ainda poder dar algum lazer para ela! Todo o meu esforço é para dar para a minha filha tudo o que ela precisar.
Sei também o quanto é difícil dar conta de filho, casa, comida, trabalho, tendo apenas o pai para dividir toda a responsabilidade.
A minha filha pode não saber o que é o amor de um irmão. Mas sabe o que é o amor incondicional de mãe e pai, e também o amor de padrinhos, de tios e tias, de primos e primas, de avô e de amigos.
A minha filha não brinca sozinha o tempo todo em seu quarto! Ela brinca sozinha, sim, às vezes, e isso é ótimo para ela saber que não depende de ninguém para se divertir. Mas ela tem pais que brincam com ela!
Eu não tenho nenhum receio de ir embora desta vida e deixar minha filha sozinha, porque sei que ela crescerá e terá a sua própria família e ainda muitos amigos.
A minha casa já é cheia de amor, de alegrias e de gargalhadas porque nela habita uma criança que é muito amada!
Se essa vida só faz sentindo quando plantamos coisas boas, a minha ganhou um novo sentido desde que a minha filha nasceu! Ela é o meu melhor!
O melhor que eu posso fazer pela minha filha não é dar-lhe irmãos, mas é prepará-la para enfrentar este mundo com muito amor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!