quarta-feira, 29 de março de 2017

Inclusão da criança alérgica na escola

Quem tem um filho com alguma restrição alimentar sabe bem o desafio que é a inclusão social. 
E um dos locais onde mais acontecem problemas de exclusão de crianças alérgicas é justamente aquele que deveria propiciar um ambiente acolhedor: a escola! 

A Lei Federal 12.982 de 28 de maio de 2014 estabelece que "para os alunos que necessitem de atenção nutricional individualizada em virtude de estado ou de condição de saúde específica, será elaborado cardápio especial com base em recomendações médicas e nutricionais, avaliação nutricional e demandas nutricionais diferenciadas, conforme regulamento". 

Mas na prática, muitas famílias enfrentam dificuldades em encontrar uma escola que aceite a criança alérgica e outras até aceitam a criança, mas a excluem nas atividades ou datas comemorativas. 

Por isso, mesmo com a Malu não sendo mais alérgica, fiquei encantada com a escola que aparece nesta matéria do Programa Bem Estar exibida em 16/03/2071. Ela monstra que o caminho da inclusão escolar da criança com restrição alimentar é a parceria entre a escola e a família, a busca de informações e a adaptação. Por um mundo com mais escolas como esta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!