terça-feira, 15 de outubro de 2013

Deus, me dê paciência!!!

Hoje acordei cedo (mais cedo do que eu gostaria e tinha planejado) com o nada agradável som de marteladas do pedreiro que está trabalhando na casa do vizinho (cá entre nós, que mania que esse povo tem de começar a trabalhar antes das pessoas acordarem!!!), o que já não me deixou muito animada para começar o dia...

E na hora de arrumar a Dona Malu para a escola, ela não queria colocar a calça do uniforme de jeito nenhum e só fazia me chutar!!! Pedi para ela parar, perguntei o que ela queria vestir (imaginei que ela queria vestir uma bermuda), expliquei que ela precisa colocar o uniforme, mas nada adiantava... Até que perdi a paciência, falei mais alto e "lasquei" um tapinha na perna...

Não tem nada que me deixe mais chateada do que perder a paciência assim... Eu gostaria de não perder o controle nunca, de ser a melhor mãe do mundo, sou totalmente contra qualquer tipo de violência. Tenho por filosofia a disciplina positiva, procuro sempre conversar, explicar o porquê das coisas, negociar, às vezes, sou até tolerante demais... Mas, puxa, porque os filhos tem que testar a nossa paciência assim? 

Logo lembrei dessa imagem e o meu coração doeu demais...




Então, respirei fundo, terminei de vestir a bendita calça e conversei com ela, falei que não podia chutar a mamãe, que machuca, pedi desculpas por ter perdido a paciência e a abracei bem forte... Mas ainda assim fiquei com um sentimento de culpa enorme!

Agora alguém me responda o que fazer para não perder a paciência nunca? (Se é que isso é possível.). Encontrei um texto interessante, que embora não se aplique diretamente à criação dos filhos, fala em como se tornar uma pessoa mais paciente na vida. 

A paciência é, basicamente, controle. Você pode não dominar esse controle agora, mas certamente é algo que pode ser desenvolvido. Óbvio que existem coisas que estão alheias à sua vontade, mas você precisa saber diferenciá-las para que não tenha um ataque de nervos. Identifique o que pode ser controlado por você e faça o melhor trabalho que puder naquilo. Quanto ao que você não pode dominar, deixe acontecer.

Olhem só as dicas para se tornar o mestre da paciência:

1. Respire
Nos momentos em que você estiver perto de perder o controle esvazie sua mente e foque-se na sua respiração. Respire lentamente, prestando atenção no seu ritmo de expiração e inspiração. Isso vai ajudá-lo a se manter calmo.

2. Caminhe
Um bom truque para se acalmar e manter a cabeça no lugar é fazer uma caminhada. Não precisa ser uma caminhada longa, o objetivo aqui é apenas tirar do centro de seus pensamentos o que está te incomodando. Preste atenção ao caminho que está fazendo, dedique-se a encontrar coisas novas em um lugar pelo qual você passa todos os dias.

3. Reflita
Ao final do seu dia sente-se em seu lugar preferido e pense sobre os acontecimentos. Não ligue a TV, o rádio ou qualquer outra coisa que possa distrair os seus pensamentos. Reserve esse tempo para identificar o que te incomodou ao longo do dia e pensar em como esses problemas podem ser resolvidos.

4. Escute
Não transforme uma conversa em discussão. Mesmo que você não concorde com o ponto de vista de outras pessoas, não tem o menor motivo para criticá-las por isso. Procure ouvir os argumentos das pessoas e falar os seus de forma calma. Antes de responder considere tudo que a pessoa está dizendo.

5. Sorria
Pode parecer absurdo, mas sorrir mais faz com que você se sinta melhor consigo mesmo. Existem situações nas quais um sorriso não cabe, mas na maioria delas ele não vai te prejudicar. Pratique no espelho, veja quanto tempo você é capaz de manter um sorriso.

6. Lembre
Em momentos de stress, escolha as suas lembranças favoritas e pense nelas. Voltar a uma época ou situação que nos fez feliz ajuda a restabelecer a calma.

Texto extraído daqui.

Será que funciona?

Se você quiser ler um texto mais voltado aos pequenos, sugiro esse.

Eu sei que essas birras são normais na idade da Malu e vão diminuir com o tempo. Enquanto isso, vou tentar me controlar mais (respirar, respirar, respirar) e pedir a Deus que me dê uma dose extra de paciência!

7 comentários:

  1. É verdade, tem vez que a paciência está sendo testada.
    Ontem mesmo tive que me controlar.
    Acabei que nem fiquei mais no face não gosto de ver pessoas se afinetando e jogando indiretas.
    Me irrita e prefiro sair pra não me misturar a elas.
    E em casa tb é assim principalmente na escola.
    Respirar fundo sempre e contar e contar até 1000 se for preciso kkkk
    Aproveito pra te convidar a participar do sorteio que está rolando no blog Papo de Mãe e Educar-o primeiro passo.

    Liks http://www.educar-oprimeiropasso.com/2013/10/mensagem-um-bom-professor-um-bom-comeco.html

    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/2013/09/sorteio-jujubella-moda-infantil-e-papo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Toninha
      Concordo com você, também detesto quem usa as redes sociais desta forma.
      Imagino que você precise de uma dose extra de paciência para lidar com as crianças na escola.
      Obrigada pela visita e pelo convite para o sorteio.
      Beijos!

      Excluir
  2. Verdade! Estamos sempre sendo testadas! Ontem tbm perdi a paciencia e o Kaleb ficou no cantinho. Já fazia um bom tempo que ele não ia pra lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. Tem horas que a gente não consegue controlar mesmo. Mas espero que com o crescimento, eles parem de nos testar tanto!
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu me controlo muito aqui em casa, mais as vezes é dificil. Mais pense que estamos aqui nessa missão divina não só para ensinar estamos também para aprender.
    BJS :)
    http://soumaedecinco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leila
      Verdade, estamos sempre aprendendo com as situações que enfrentamos no dia-a-dia.
      Beijos!

      Excluir
  4. Adorei ler seu Blog. Me acalmou nesse momento idêntico em que vivo com minha filha. Obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!