quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Uso de repelentes em crianças e gestantes

Nos últimos tempos eu venho publicando apenas receitas aqui no blog, mas hoje resolvi falar sobre o uso de repentes, em especial em crianças e gestantes, pois notei que esse post mais antigo estava sendo acessado por várias pessoas. 

Certamente, mães alarmadas com os crescentes casos de dengue, zika e chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypt, procurando informações sobre as formas de protegerem seus filhos, e gestantes, com muito medo da microcefalia que estaria relacionada ao zica vírus.

Além do uso de repelentes, o uso de telas e mosquiteiros é uma medida eficaz para evitar a entrada dos insetos. Roupas compridas, meias e sapatos fechados também ajudam.

Confira abaixo algumas dicas sobre o uso de repelentes:
1. Crianças de 2 aos 7 anos só devem usar repelente até duas vezes ao dia.
2. Aplicar somente na área exposta, não embaixo da roupa.
3. Grávida pode usar qualquer um dos tipos.
4. Se for usar com filtro solar, passar o repelente por último, e não passar nas mãos.
5. Não passar perto de boca, olhos ou nariz da criança.
6. Não dormir com repelente.
7. Bebês menores de 6 meses não podem usar repelente. Nesse caso a proteção deve ser com roupas e mosqueteiros.

 
Veja os tipos de repelentes e a indicação de cada um:

 
Mito do complexo B
Pesquisadores da Universidade de Wisconsin (EUA) tentaram ver se a suplementação com o complexo B poderia ajudar a repelir mosquitos. O resultado, no entanto, foi negativo. As pessoas suplementadas foram igualmente picadas. 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/12/1717899-7-dicas-para-o-uso-de-repelentes-contra-iaedes-aegyptii-em-criancas-e-gravidas.shtml

Confira o Guia para uso de repelentes - perguntas e respostas aqui.

Um comentário:

  1. Muito bom, Lu.
    Por aqui estou com medo, vi reportagens que afirmaram que só os repelentes que contem o composto icaridina que são eficazes para o Aedes aegypt, e ninguém acha o tal Exposis que está em falta no mercado.
    A solução que encontrei foi manipular na fármacia.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!