terça-feira, 13 de outubro de 2015

Programa Bem Estar sobre alergias e intolerâncias alimentares

Investigar os rótulos dos alimentos deve fazer parte da rotina de todos que se preocupam com a saúde, afinal a gente é o que a gente come! Eu aprendi isso com a alergia da Malu e a cada dia mais percebo que ler os rótulos dos alimentos precisa ser um hábito, porque a indústria tem a capacidade de colocar ingredientes que a gente nem imagina nos produtos! 
 
Só para exemplificar, esses dias eu vi uma determinada marca de aveia no supermercado e quando li o rótulo descobri que além da aveia em flocos, ela contém farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico (da qual 53% é farinha integral, ou seja, o restante é farinha branca), açúcar, maltodextrina (opa, açúcar de novo!), inulina (que é um prebiótico, uma fibra solúvel e fermentável que possui propriedades similares às do açúcar e de xarope de glicose), aromatizantes, antiumectante carbonato de cálcio e regulador de acidez fosfato dissódico. Jesus! Claro que larguei o produto de volta na prateleira e optei por um que tivesse apenas aveia.
Fonte das informações: Composição da Aveia: Nestlé Sobre a inulina: RG Nutri
 
Mas para quem tem alergia ou intolerância alimentar essa investigação não é questão de opção, é necessidade mesmo.

Foi por essa necessidade que, em fevereiro de 2014, foi criada a campanha Põe no Rótulo, que ganha cada vez mais espaço e fez até com que a Anvisa aprovasse em junho desse ano uma nova norma para a rotulagem de alimentos que ainda não está em vigor (a indústria tem o prazo de 12 meses para se adequar).

O programa Bem-Estar (TV Globo) de hoje apresentou uma excelente matéria mostrando as dificuldades de quem convive com a alergia alimentar e precisa investigar os rótulos dos alimentos. Comentou a diferença dos sintomas entre alergia x intolerância, entrevistou a Cecilia Cury, uma das organizadoras do Põe no Rotulo e mãe do Rafael, alérgico à leite e soja. Não deixe de assistir! 
 
É só clicar aqui.

Um comentário:

  1. Obrigada por me avisar Lu, eu assisti!
    É incrível como a industria quer nos enganar todos os dias! E como é difícil viver sem industrializados no dia a dia corrido de hoje. Tenho evitado ao maximo, mas tem coisas que não dá. Achamaos que é natural, mas quando vamos ver é cada coisa dentro!!!

    bjao!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário!
Eu respondo por aqui. Volte para dar uma olhadinha na resposta.
Se precisar de uma reposta mais urgente, mande um e-mail lucianawinck@hotmail.com
Beijos!